22/04/2020

Planejamento para compra do material escolar

Chegam os meses de outubro e novembro e os preparativos para o próximo ano letivo já começam. E, diferentemente de nós, sabemos que um dos momentos mais esperados para os nossos pequenos é a compra dos novos materiais escolares.

“Quero uma mochila do Ben 10”, “eu preciso ter o caderno da Patrulha Canina”, “todo mundo vai comprar a régua da Frozen”… Um milhão de pedidos ao mesmo tempo. E o pior: nenhum deles é barato. 

Quase piramos com tudo isso! Mas com planejamento e paciência você consegue passar pela temida compra de materiais de um jeito que caiba no seu bolso.

Vem ver as dicas que separamos para você! 🤑

Tenha a lista em mãos

Geralmente, quando fazemos a matrícula ou a rematrícula, já recebemos da escola a lista de materiais para o ano seguinte.

Ela possui vários itens, que vão desde borracha até esquadros e réguas. O que você vai precisar observar nesse momento são materiais que não podem ser pedidos pela escola.

Muitas vezes são materiais compartilhados, como papel higiênico, grande quantidade de folha sulfite, entre outros. As escolas não podem pedir esse tipo de item na lista ❌ Está previsto em lei!

Então já descarte isso do seu orçamento e vamos para a próxima dica!

Verifique o que dá para ser reutilizado do ano passado

Com a lista em mãos, dê uma vasculhada nos materiais usados do seu pequeno. Ele ainda tem lápis de cor sem estar muito gasto? Régua e esquadro inteiros? Canetas funcionando? Mochila sem grandes furos?

Se sim, tudo isso dá para ser reutilizado! 

Caso a criança ou o adolescente não goste da ideia, aposte na customização desses materiais antigos. Façam juntos. Temos certeza de que, no fim das contas, além de ter um material quase novo em folha, vocês irão se divertir muito 🥰

Junte grana e prepare o seu bolso

Durante o ano, se prepare financeiramente. Se possível, guarde um dinheirinho para que você consiga pagar à vista os materiais e não passar sufoco.

Se você for bom de negociação, ainda consegue arrancar um desconto das lojas caso pague à vista no dinheiro! Isso acontece porque eles conseguem descontar a taxa que a maquininha de cartão cobra sobre todas as transações 😉

Pesquise os preços em diferentes lojas

Essa é a hora de começar a orçar! O valor de itens de material escolar variam muito de uma loja para a outra. Por isso é importante pesquisar os valores.

Pesquise em tipos de lojas diferentes: atacado, livrarias, papelarias, lojas de artigos para escritórios, sites da internet, entre outros.

Assim, você consegue encontrar maior variedade de produtos e preços!

Compre antes da muvuca

Essa é uma dica de ouro! Todo mundo sabe que lá por janeiro as lojas ficam LO-TA-DAS, não tem espaço para dar um passo lá dentro.

E, claro, isso influencia os preços. Quanto mais pessoas procurando pelo mesmo produto, mais altos ficam os valores e, assim, leva quem puder.

Cá entre nós, não estamos muito a fim de pagar R$20 em algo que valia R$14,99 até dois meses atrás, né? São poucos reais de diferença, mas no fim cada centavo faz a diferença!

Então, assim que estiver com a lista de materiais em mãos, já corra para colocar as outras dicas em prática, orçar tudo e #partiucompras.

No dia da compra, barganhe com seu filho

Nós conhecemos os nossos pequenos. Sempre fazemos a famosa conversa antes de sair de casa: “Vamos economizar, beleza? Infelizmente eu não tenho dinheiro para comprar tudo”. Eles podem até concordar, mas vão chegar à loja e fazer tudo diferente do combinado.

Mas está tudo bem, afinal, são crianças.

Um jeito legal de convencê-los é barganhar. Antes de sair de casa, já converse com calma e fale: “Vamos combinar? Você vai poder escolher X coisas, beleza?”. E, durante as compras, sempre lembre o combinado.

Combinaram que ele ia escolher dois itens e ele quer três? Converse com calma e explique que ele vai ter que escolher. Nada de levar mais que o combinado!

Para ninguém sair perdendo, invista tempo em customizações

No fim, sempre saem bicudos porque não puderam levar AQUELE caderno da Peppa, AQUELA caneta da Hotweels, AQUELA mochila da Hora de Aventura.

Então, o que acha de investir em customizações? Um adesivo aqui, um patch ali e pronto… Virou o caderno/bolsa/caneta que ele tanto queria!

Ufa!

Essas eram as dicas que tínhamos para você! Agora é só colocar em prática e boas compras 😉

Para ver mais textos com dicas financeiras preciosas, dê uma explorada no nosso blog! Vale muito a pena, hein?

QuiteJá

Uma plataforma que nasceu para resolver suas pendências financeiras de maneira segura e sem burocracia. Tem alguma dúvida? Converse com a gente nos comentários!

Deixe o seu comentário!

Ir para o Topo