22/04/2020

Mantendo seu negócio em meio à pandemia

Muitas pequenas empresas têm encerrado as atividades, mesmo que temporariamente, ou adotado novas formas de trabalhar durante a pandemia de coronavírus.

Se você possui um pequeno negócio, dependendo da sua situação financeira, no momento, talvez comece a enfrentar dificuldades de fluxo de caixa.

Para ajudar os proprietários de negócios a se prepararem melhor para os meses que estão por vir, separamos aqui dicas rápidas e que podem ser postas em prática imediatamente.

Vamos a elas!

Tem recursos no banco?

Parece óbvio, né?

Mas faz sentido garantir que a conta bancária da sua empresa tenha liquidez suficiente para, se necessário, você usar o cheque especial ou tomar um empréstimo sem grandes dificuldades. 

Se pensa em quitar algum tipo de dívida mais urgente, então considere a alternativa de vender algum bem e aumentar as reservas do seu caixa. 

Transforme pedidos em dinheiro

No cenário atual, faz sentido analisar se as vendas futuras devem ser cobertas por algum tipo de depósito emergencial, ou mesmo um empréstimo. 

Você, como dono do negócio, deve revisar os pedidos existentes e identificar aqueles que podem ser convertidos em dinheiro no prazo mais rápido, dando prioridade aos de maior valor. 

Fique de olho na lista de pedidos e seja realista sobre quais entregas serão cumpridas e quais não serão.

Aproxime-se de clientes e fornecedores

Durante os períodos de crise, é muito importante ficar mais perto de clientes e fornecedores. 

Isso dará a você uma melhor perspectiva do que pode entrar de receita nos meses seguintes, ao mesmo tempo que dá à sua empresa a oportunidade de negociar melhores condições de pagamento durante os dias de turbulência.

Atenção ao fluxo de caixa

Como estamos acompanhando ao redor do mundo, e não apenas no Brasil, a crise evolui rapidamente com a disseminação do coronavírus .

Nesse momento, os pequenos empresários acabam sofrendo a pressão de ter que tomar decisões rápidas e sem muita margem de erro. 

Para garantir que você seja capaz de fazer isso, é importante que revise, regularmente, as previsões de fluxo de caixa. E mais: que tenha uma carta na manga, um Plano B.

É fundamental saber o que fazer e a quem recorrer no caso de surgir uma emergência que envolva falta de recursos, que o impeça de tocar o seu negócio.

Se acontecer, qual seria o próximo passo? Pedir um empréstimo? Vender o carro? A própria casa? 

Enfim, tenha sempre essa possibilidade em mente. Seja realista.

Home Office a todo vapor

Para as empresas que adotaram o trabalho remoto, é importante garantir aos colaboradores acesso às ferramentas e equipamentos dos quais precisam.

No que diz respeito ao dia a dia, reuniões diárias para manter a equipe engajada e comprometida com entregas é o melhor caminho.

O home office, quando possível, além de ser uma saída para manter a sua empresa funcionando, também te dá o tempo necessário para avaliar se manter todos trabalhando foi, de fato, a melhor escolha para o seu negócio.

Às vezes pode parecer clichê, mas tenha certeza de que, depois da tempestade, vem a bonança. Então mantenha o foco, mas sem desespero 😉

Para qualquer outro tipo de esclarecimento sobre como a QuiteJá pode ajudar a organizar sua vida financeira, é só iniciar uma conversa em qualquer um dos nossos canais 😉

QuiteJá

Uma plataforma que nasceu para resolver suas pendências financeiras de maneira segura e sem burocracia. Tem alguma dúvida? Converse com a gente nos comentários!

Posts Relacionados

Como ganhar dinheiro extra com Uber e Rappi?
QuiteJá | 07/02/2020
Qual o melhor lugar para investir seu dinheiro?
QuiteJá | 24/01/2020

Deixe o seu comentário!

Ir para o Topo