17/04/2020

Como deixar o aluguel sem complicações

Quando estamos planejando sair de um imóvel alugado, é quase impossível não pensar no futuro e em todas as consequências dessa mudança. Uma nova vida, um novo bairro para morar, novos ares e a expectativa de fazer novos amigos e viver outras experiências.

Ao mesmo tempo, você precisa que essa mudança seja tranquila, sem grandes problemas, conflitos ou aborrecimentos. 

É muito importante que tudo seja feito com clareza, para que no final nenhuma das partes fique de bico virado! Sabemos que essa situação acaba acontecendo às vezes, né? 😕

Para isso, reunimos aqui um pequeno checklist para guiar você durante essa etapa tão importante!

Revise seu contrato de locação

Sim, sabemos que essa parte é bem chata! Mas vamos lá.

Avalie, com calma, como finalizar corretamente o aluguel. 

Regras e cláusulas que dizem respeito ao aviso de saída, conservação e manutenção do imóvel etc., sofrem variações, sempre de acordo com o tipo de contrato – seja ele um contrato de aluguel mensal ou de arrendamento por prazo determinado. 

Além disso, todas as imobiliárias e proprietários acabam adotando políticas e requisitos diferentes, portanto, é necessário verificar os termos específicos com os quais concordou.

Preste atenção quando o contrato for do tipo ‘arrendamento’. O tempo de aviso de saída do imóvel deve ser feito, normalmente, com um mês de antecedência da mudança. 

Aprendendo a diferença entre arrendar e alugar um bem: 

A diferença entre as duas modalidades está na possibilidade de o arrendatário, ao fim do contrato, poder comprar o bem em definitivo. Resumindo: você, enquanto inquilino, terá o direito de abater o total das mensalidades no valor final da compra.

Avise ao proprietário

A maioria dos contratos de aluguel exige que o inquilino notifique ao proprietário do imóvel, por escrito, 30 dias antes de deixar a casa ou apartamento.

O aviso deve incluir uma declaração de boas condições do imóvel alugado, a data específica de sua mudança e seu novo endereço, assim como uma solicitação para devolução do depósito caução*. 

*Uma segurança para o proprietário caso ocorra qualquer problema com o pagamento.

Se a data de mudança for antes do período acordado com o proprietário ou imobiliária, tenha em mente que você vai ter que explicar timtim por timtim porque está saindo do imóvel.

Depois disso, peça ao proprietário para cancelar o contrato – ou pelo menos permitir que você alugue o imóvel para outra pessoa (isso é chamado de “sublocação”, quando o novo inquilino paga o aluguel e demais taxas). 

Mas é bom lembrar que, se não tiver acordo com a imobiliária ou proprietário sobre a sublocação, você será o responsável pelo pagamento do aluguel do período integral da locação.

Abre o olho, hein! 🧐

Inspecione e repare possíveis danos

Você é obrigado a devolver a propriedade nas mesmas condições em que encontrou, portanto, o próximo passo é dar uma geral na casa e identificar qualquer coisa fora do lugar.

Aquele desgaste que acontece com o tempo é aceitável, até porque é quase impossível evitar. Mas detalhes como buracos nas paredes para pendurar quadros e arranhões e amassados ​​nas paredes e pisos, por exemplo, fazem parte da sua responsabilidade.

Não esqueça os sistemas elétrico e hidráulico, pois é fundamental que estejam em boas condições. Além disso, todos os equipamentos de iluminação, utensílios de cozinha e qualquer aparelho doméstico devem estar funcionando minimamente bem.

Documente as condições do imóvel

Você precisa registrar a condição em que está deixand

o a propriedade, por isso, é MUITO RECOMENDADO que você documente as obras de reparo (gravar vídeos com o próprio celular mesmo) e manter todos os recibos dos materiais e serviços. 

Além disso, não esqueça de tirar várias fotos do lugar com tudo o que você tem e quando tudo estiver limpo – todas essas evidências são muito úteis em caso de conflito com o proprietário referente ao seu depósito de segurança (caução).

Solicite o depósito de segurança

Quando você sai de um imóvel alugado, está autorizado real oficial a receber seu depósito de locação de volta (a menos que tenha causado danos ou violado os termos do contrato de locação).

O proprietário terá de duas a três semanas para devolver o dinheiro do depósito ou fornecer uma declaração por escrito das deduções (para situações que necessitem de conserto de itens danificados etc.).

A saída de um imóvel alugado pode ser um momento estressante e que exige um planejamento mais cuidadoso.

Organize-se com a maior antecedência possível, cuidando de todos os detalhes necessários, e garanta uma mudança tranquila, sem surpresas. 😉

Mas se ainda assim, depois de todas essas dicas, você saiu da propriedade com dívidas… Take it easy! Nós também temos um conteúdo que vai te ajudar a quitar a dívida e voltar a dormir tranquilo! 

QuiteJá

Uma plataforma que nasceu para resolver suas pendências financeiras de maneira segura e sem burocracia. Tem alguma dúvida? Converse com a gente nos comentários!

Deixe o seu comentário!

Ir para o Topo